Vaginismo E Vulvodínia | Você convive com essa dor?

Vamos começar pelas definições: O VAGINISMO é uma condição onde os músculos da vagina se contraem involuntariamente, causando tensão e dor durante situações como a relação sexual e até mesmo um exame ginecológico. Já a VULVODÍNIA é uma dor crônica na região da vulva que também torna situações como o sexo algo desconfortável e doloroso. 

Ambas afetam mulheres de todas as idades e tem causas bem variáveis, mas sempre com um grande componente psicológico, são elas: medo da dor do contato íntimo, medo de engravidar, traumas de abuso sexual ou testemunho de abuso sexual, educação religiosa radical, ambiente familiar de intensa repressão, traumas relacionados ao parto, traumas relacionados a traição amorosa, entre outras. É essencial que haja acompanhamento com psicoterapia juntamente ao tratamento ginecológico. 

Hoje conseguimos excelentes resultados no tratamento do vaginismo e da vulvodinia com toxina botulínica. Estudos mostram que entre 80 e 90% das pacientes tem melhora desde a primeira aplicação, promovendo a cura da dor e melhora na qualidade de vida sexual dessas mulheres. 

No tratamento são feitas aplicações de toxina botulínica, no próprio consultório médico, nos músculos envolvidos na contração da vagina, favorecendo um relaxamento temporário dos mesmos, que irá proporcionar maior conforto no ato sexual. É realizado anestesia local antes de realizar a aplicação do botox, tornando o procedimento bem mais confortável. 

A toxina botulínica leva em torno de 10 a 15 dias para o efeito desejado e sua durabilidade dependerá de cada paciente, em média, em torno de 8 a 12 meses. Se necessário, poderão ser realizadas sessões a cada 6 meses.

Clínica Linda

@clinica.linda
@drmarcosginecologista
(61) 3368-3779 | (61) 99239-7270