GuiaDaGestante #1: Pré-natal: exames que as gestantes precisam conhecer e fazer!

O acompanhamento pré-natal é extremamente importante para que a mamãe e seu bebê cheguem com segurança e saúde ao momento do parto, nele é possível monitorar tanto o desenvolvimento do feto, quanto as condições físicas da mulher para este grande “evento” que é a gestação. Desse modo, é possível prevenir, antecipar e tratar problemas que possam surgir neste período.

Assim que é confirmada a gravidez, as consultas ao médico e os exames desta etapa são ferramentas essenciais para garantir que a natureza faça seu trabalho com a maior segurança possível.

Exames do 1º trimestre:​

-Neste momento mais inicial é importante um exame de sangue detalhado, com hemograma, tipagem sanguínea, fator Rh e Coombs indireto (em caso de Rh negativo).​

Só para esclarecer: este é um fator para investigar o risco oferecido pela incompatibilidade do sistema Rh do sangue da mãe e com o do feto (que é quando o fator Rh da mãe é negativo e o do feto positivo).​

Verifica-se, por meio da sorologia (sangue), doenças como rubéola, HIV, sífilis, toxoplasmose, hepatites A, B e C e citomegalovírus, assim como a dosagem de hormônios e anticorpos da tireoide e os níveis de açúcar no sangue.​

Em casos específicos, sobretudo de acordo com o histórico familiar da gestante e ocorrência anterior de abortos de repetição, o médico pode querer, ainda, investigar (via teste sanguíneo) trombofilias congênitas, visando prevenir parto prematuro e risco de pré-eclâmpsia, por exemplo.​

Clínica Linda

@clinica.linda
@drmarcosginecologista
(61) 3368-3779 | (61) 99239-7270